AS 9 MELHORES MÚSICAS (MENOS CONHECIDAS) DA ARIANA

Durante esta semana, a Billboard divulgou um artigo com as nove melhores músicas (menos conhecidas) de Ariana Grande, escolhidas por críticos. Confere o artigo traduzido:


Ariana Grande não é nada mais do que uma presença familiar nos Tops e nas rádios - entre músicas de sucesso como "Problem", "Break Free" e "The Way", a ironicamente chamada de "diva" não tem qualquer problema em fazer grandes músicas pop.

Mas com isto não queremos dizer que as suas músicas menos conhecidos são menos satisfatórias. De faixas eliminadas aos remixes -- Grande aderiu recentemente ao SoundCloud (a sua conta é - “arianagrandeforrealidkwhyicantgetmyownlinkbutok”) -- a cantora trouxe algo até mesmo para os que não ouvem pop. Aqui ficam algumas das suas melhores músicas que se calhar ainda não ouviste e que não chegaram ao Hot 100 (ainda).


"HONEYMOON AVENUE" (2013)
Sentimental e bombástica de uma maneira que só o BabyFace conseguiria fazer, esta é uma música que a Ariana escolheria se por alguma razão precisa-se de fazer uma audição para o American Idol -- ela está a cantar.


"WHY TRY" (2014)
Este é uma empolgante e pura música pop, fresca e na linha do My Everything -- e mais, os ouvintes vão receber uma boa dose de uma arrepiante voz.


"MY EVERYTHING" (2014)
Há poucos cantores pop em 2016 que conseguem pôr cá fora uma boa dose de sentimentos. Grande, com os seus dotes da Broadway e o amor infindável de mostrar músicas, está entre eles -- o que significa que ela é capaz de cantar uma balada clássica em piano (co-escrita por Taylor Parks, que também escreveu a música de sucesso "Just Sayin/I Tried"), e torná-la extremamente sentimental.


"BE MY BABY" (2014)
Grande trouxe o afamado produtor Cahsmere Cat (que está finalmente preparado para lançar o seu álbum após ter produzido músicas para Kanye West e mesmo até para Britney Spears) para esta música, e levou o seu brilhante som Escandinavo até ao seu extremo (e MUITOS sintetizadores).


"ALL MY LOVE" MAJOR LAZER FT. ARIANA GRANDE & MACHEL MONTANO (2014)
Aqui Grande flecte as suas "costelas" de música electrónica com uma pequena ajuda do atualmente infalível Major Lazer e da estrela Machel Montano -- é um hino frenético das pistas de danças (especialmente do trio de DJs) construído a partir do Dewbow [género musical proveniente da Jamaica] que se tornou líder dos charts em 2016. Se tivesse sido lançada seis meses depois, isto possivelmente estaria no topo dos charts ao lado de Bieber e "Cheerleader".

"WIT IT THIS CHRISTMAS" (2015)
Certamente uma das mais sedutoras músicas de Natal até à memória, "Wit It" encontra Ariana (ela co-escreveu a música) a subverter descaradamente todos os clichés Natalícios: “Be my drummer boy, I’m the only drum that you gonna play” [Sê o meu rapaz da bateria, eu sou a única em que vais tocar] etc.
No entanto, a produção R&B (apenas com sinos a tocar para representar a época) faz a música demasiado divertida para não a ouvir durante todo o ano.


"KNEW BETTER/FOREVER BOY" (2016)
Facilmente a música mais forte no Dangerous Woman (e, repara, a única faixa que o Ryan Tedder co-escreveu), esta faixa de cinco minutos evolui de um furtivo R&B para um House Four-on-the-floor* --- mostrando os dois géneros mais presentes em Grande. O seu simples estilo vocal implora por um ritmo pesado, e oferece-nos um ritmo viciante. Para além disso, quem consegue resistir a uma história de amor?

"KNEW BETTER PART 2" (2016)
Reparem: o remix é quase tão bom como a original. A cerca de três passos de afrontar uma música de Big Sean (e melhor para ele), esta super versão da música encontra AG a sair fora da sua zona de conforto e a experimentar novas coisas -- o que é mais decente do que o título "Ariana Grande faz rap" pode sugerir.
A "Parte 2" mostra uma Ariana alternativa (uma que não trabalha exclusivamente com produtores da pop, pelo menos), e visto que o produtor da nova versão ainda não foi divulgado, a estética (e a letra "got a new dude" [tenho um novo gajo] parecem do seu novo namorado, Mac Miller...


"MY FAVORITE PART" MAC MILLER FT. ARIANA GRANDE (2016)
Do último álbum de Miller, "The Divine Feminine", este doce dueto mostra a possibilidade de Ariana seguir um estilo 100% Mariah --- adotando ritmos lentos, dedicatórias e ritmos R&B por vários dias.




*Four-on-the-floor é um ritmo padrão utilizado principalmente na música electrónica.

Sem comentários:

Enviar um comentário