ARIANA GRANDE EM ENTREVISTA À REVISTA 'TIME'

Uma das mais importantes revistas dos Estados Unidos, "Time", revelou esta semana que a próxima edição irá conter uma entrevista inédita da cantora Ariana Grande.
A primeira parte da entrevista foi divulgada hoje (7), e nele Ariana Grande fala sobre a criação do seu segundo single, "Break Free". Ariana explicou que a letra da música, que para alguns não tem sentido e contém erros (tal como "Now that I've become who I really are" e "I only wanna die alive") foi ideia de Max Martin, um dos compositores.
Eu estive sempre contra isso. Eu disse: "Não vou cantar uma música com erros gramaticais, meu deus, ajuda-me!", e o Max dizia: "É divertido - simplesmente faz isso!". Eu sei que é engraçado e estúpido, mas coisas com erros gramaticais arrepiam-me.
A cantora que está prestes a lançar o seu segundo álbum, acabou por concordar com a letra da música e a aprender a mensagem da mesma.
Eu disse tipo: "Que se lixe, vamos-nos divertir e fazê-lo". Tenho que me libertar, deixar andar e ser menos rígida e antiquada. Parece que tenho 90 anos. Não preciso de ser assim tão velha. 
E em relação ao querer morrer viva? ("I only wanna die alive")
Quer dizer que a vida é muito curta - não há razões para não aproveita-la e não seres tu mesmo. Diverte-te, sê espontâneo e deixa andar. Não há problema em cortares o que achas que te está a prender.